Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

29 de dez de 2008

Cida Proni

Um telefone no fim de um sábado de dezembro.
Era dia de festa.
Parte da família reunida em outra parte da cidade.
Coração dispara pq sei que ela irá dizer as palavras que o aquecem.
Tia atende.
Passa telefone.
Aquele “alô” que conheço tão bem se faz verdade.
Não disse “feliz aniversário” logo de cara pq a urgência em dizer “saudades” foi mais forte.
Ela quando percebeu que era eu do outro lado da linha, diminuiu o tom de voz e com certeza (pela diminuição dos ruídos) fugiu para um lugar isolado do barulho. Isso é parte daquele amor que entendo. Aquele cuidado que só ela sabe ter e fazer.
Falamos por longos minutos, eu (imagino) falei de forma rápida, atropelando assuntos para deixá-la “a par” de todas as minhas humildes novidades.
Ela, sempre com um ar sereno em contar as felicidades e mazelas da vida.
É a única data de aniversário que procuro o ano todo jamais esquecer. Posso esquecer o meu, mas o dela...jamais.
Pode ser injusto com muitos, mas esse cuidado é só com ela. É pessoa que olho para o futuro e quero “me” encontrar. Tem os valores, princípios, ideais que quero ter.
Não somos do mesmo sangue.
Não temos o mesmo brasão.
Não temos a mesma cor.

Mas temos tantas coisas em comum que nos unem segundo a segundo.
Ela carrega o título de “avó” desde quando eu estava na barriga da minha mãe.
Ainda bebê nas fotos, a mão dela está presente sempre comigo no colo.
Passaram 26 anos.
E o amor cresceu gradativamente.
E o respeito sempre intacto.
É por ela que em 2009 pretendo vencer as barreiras do medo, da incerteza, do orgulho e do passado. Através disso posso encontrá-la novamente e receber aquele combo que amo tanto: abraço apertado, sorriso escancarado e aquele almoço que tanto sinto falta.

, não sei se esse texto chegará à você. Mas o amor que tenho por ti...esse sim...chega e tu sentes.
Sabemos disso.
É por isso que procuro ser melhor. Só para receber o elogio teu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário