Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

12 de dez de 2008

Um passo.

“Tudo mudou entre nós e só você não percebeu.
Pq banalizar aquilo que pode ser certo enquanto durar?
Não lembro como começou.
E nem onde parou.
O que sei é que a distância abraça meu medo e dá um aconchego melhor que o seu.
Vou e levo você na alma.
Mas quando ousar olhar para trás, noto você mais feliz.
E me dá fé para caminhar a estrada sem você.
Mesmo que isso não seja o que acho certo e justo.
Mas não sei lutar por você.
Pena para mim.
Sorte para você
.”

Um comentário:

  1. que texto mais lindo esse..ganhou minhas lágrima cáaaaaaaa
    bjs

    ResponderExcluir