Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

21 de ago de 2009

Muito bom.

Como diria o gringo Felipe da Avid: "Beleza pura né Carola?"

Pois é.

Graças ao Pablo e Lorena...decidi ouvir com calma essa antiga, interessante e bonita canção.

Tem um significado.

Viva Arnaldo Antunes.

"Socorro!
Não estou sentindo nada
Nem medo, nem calor, nem fogo
Não vai dar mais pra chorar
Nem pra rir...

Socorro!
Alguma alma mesmo que penada
Me empreste suas penas
Já não sinto amor, nem dor
Já não sinto nada...
Socorro!Alguém me dê um coração

Que esse já não bate nem apanha
Por favor!Uma emoção pequena, qualquer coisa!
Qualquer coisa que se sinta...

Tem tantos sentimentos
Deve ter algum que sirva (em algum post anterior que mencionei o bonito Bruno Mazzeo escrevi essa frase lembra?)

Socorro!Alguma rua que me dê sentido
Em qualquer cruzamento
Acostamento, encruzilhada
Socorro! Eu já não sinto nada...
Socorro!Não estou sentindo nada

Nem medo, nem calor, nem fogo
Nem vontade de chorar
Nem de rir...

Socorro!Alguém me dê um coração
Que esse já não bate
Nem apanha

Por favor!Uma emoção pequena qualquer coisa!
Qualquer coisa que se sinta...
Tem tantos sentimentos
Deve ter algum que sirva
Qualquer coisa que se sinta
Tem tantos sentimentos
Deve ter algum que sirva..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário