Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

20 de set de 2009

Coisinha bonitinha da mãe.

Sábado ganhei uma linda rosa da Carla.
Passamos alguns minutos conversando sobre mim. Estranho isso. Quando falo disso, sempre o assunto é o mesmo. Por mais que tenha vivido tantas coisas, as velhas sempre me aborrecem.
Ela fez um pacto. E acho que não ganhará.

Cheguei em casa e coloquei a rosa em um copo com água em cima da mesa.

Laptop ligado, cinco páginas do Youtube na tela, fone de ouvido e beliscando azeitonas.

Não ouvi meu filho (meu gato Amandí) bebendo a água da rosa.

Quando olhei para trás, eis que o vejo com aquela carinha do gato do Shrek.

A vontade foi em dar bronca. Mas acho que a inocência dele o protegeu.

Achei lindo demais. Aquela rosa é especial assim como a água. Logo, tá tudo certo.

Como disse para Marizinha: "Tudo depende da forma que você encara as coisas"

Nenhum comentário:

Postar um comentário