Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

27 de nov de 2009

Ao Cubo.

Lá estava eu no transporte público escutando um som...


Ouvindo as mesmas canções de sempre...e de repente...ouço uma linda canção na voz do Diogo Nogueira...sabe aquelas músicas que você tem a certeza já ter escutado na voz de outro alguém?

Foi assim.

E foi mágico. A versão na voz dele é bem suave...pé do ouvido total.

E reparei na canção e me identifiquei na hora.

Eu que tanto escrevo sobre amor...na mesmice das coisas...veio de encontro a meu favor.

Recomendo mesmo.

A música?

"Você abusou"

Eis a letra people.


"Você abusou, tirou partido de mim,
abusou
Você abusou
Tirou partido de mim, abusou
Tirou partido de mim,
abusou
Tirou partido de mim, abusou


Mas não faz mal,
é tão normal ter desamor
É tão cafona, sofredor
Que eu já nem sei se é meninice ou cafonice o meu amor
Se o quadradismo dos meus versos

Vai de encontro aos intelectos que não usam o coração como expressão


Você abusou, tirou partido de mim, abusou
Você abusou
Tirou partido de mim, abusou
Tirou partido de mim, abusou
Tirou partido de mim, abusou


Que me perdoem se eu insisto neste tema
Mas não sei fazer poema ou canção
Que fale de outra coisa que não seja o amor
Se o quadradismo dos meus versos
Vai de encontro aos intelectos que não usam o coração como expressão"

http://www.youtube.com/watch?v=q4UqCSsv4M8

2 comentários:

  1. Eu conheci ele no ano passado ouvindo uma canção regravada do pai dele, Espelho...que, aliás, bem poderia ter sido escrita por ele próprio, tamanha a semelhança entre suas vidas.
    Belissima canção que ouvi no repeat por dias.
    Parecia que ele seria "o cara". Hoje em dia me soa só mais um.

    ResponderExcluir
  2. Ah...ele não é mais um...está caminhando pelas beradas...atingindo os bacanas primeiro...assim como o Leandro Sapuca...essa música do Post é muito boa...na voz dele...

    ResponderExcluir