Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

26 de nov de 2009

Eita semaninha dificim.

A semana não começou redonda. Um diz que me disse causou o maior furor. Mas as coisas voltaram aos seus eixos (assim espero). Nada que um diálogo franco e direto.

E quando estou triste, zangada...ouço músicas novas (que estão foras do meu playlist natural e repetitivo).

E nessas navegações pela internet, eis que encontro a letra de um hino da Portela.

E me chamou a atenção do título:

"E por falar em amor, onde anda você"

Composição: Ciraninho, Wanderley Monteiro, Diogo Nogueira, L.C. Máximo e Júnior Escafura.



A letra é bem bonita. A melodia mais ainda.


E veio a calhar um trecho:

"O homem tem que usar a consciência,
As maravilhas da ciência
Para viver em harmonia"




Pois é...e encerro: "E por falar em amor, onde anda você?"

2 comentários:

  1. Claro o tal hino que tem lá suas inspirações.

    Onde Anda Você
    Vinicius de Moraes
    Composição: Toquinho / Vinicius de Moraes / Hermano Silva



    E por falar em saudade onde anda você
    Onde andam seus olhos que a gente não vê
    Onde anda esse corpo
    Que me deixou louco de tanto prazer
    E por falar em beleza onde anda a canção
    Que se ouvia na noite dos bares de então
    Onde a gente ficava,onde a gente se amava
    Em total solidão
    Hoje eu saio na noite vazia
    Numa boemia sem razão de ser
    Na rotina dos bares,que apesar dos pesares,
    Me trazem você
    E por falar em paixão, em razão de viver,
    Você bem que podia me aparecer
    Nesses mesmos lugares, na noite, nos bares
    A onde anda você?

    ResponderExcluir
  2. Olha só...não conhecia tal cañção.

    Vc sempre tão surpreendente não é mesmo?

    Adorei a parte "Você bem que podia me aparecer
    Nesses mesmos lugares, na noite, nos bares
    A onde anda você?"

    E olha que tenho saído bastante...deve ser invisível...rs

    ResponderExcluir