Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

28 de dez de 2009

Vendo o dia amanhecer...

Como diria Arnaldo Antunes “a dor é de quem tem”.
Assim abro este texto.

Ai que saudade dos tempos de meninice.
Onde a cafonice, a inocência e a brincadeira andavam de mãos dadas.
Tudo era motivo de festa, choro ou sono.
Ainda é assim. Menos intenso, mas é.
Gostava do nerd, do isolado, do tímido e do magricela.
E tinha sempre um que me dava a leveza e as melhores lembranças.
Ai que saudade que insiste em bater.
Mas uma hora ela passa, assim costumam dizer.

Hoje gosto dos nerds, dos isolados, com voz de fumante ou dos que escrevem bem.
Mas gosto ainda mais daqueles que abraçam o mundo como se ele fosse uma bola de futebol. Desses que distribuem caronas, sorrisos, afagos, proteção...coisa que um dia foi ciúme, hoje é a mais pura admiração.




“Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”. Como diria Caetano Veloso. Assim faço desfecho neste texto.

"Eu vou fundo na existência
E para nossa convivência
Você também tem que saber se inventar"

2 comentários:

  1. Já que você postou santiogold no twitter, boto aqui um cara que simplesmente começou sozinho uma festa ouvindo unstopeable

    http://www.youtube.com/watch?v=GA8z7f7a2Pk

    feliz natal atrasado e feliz ano novo

    ResponderExcluir
  2. Foi graças esse video que conheci a canção. Na edição do Ídolos..esse video era a sensação pela manhã. Até fizemos um video dos editores dançando essa musica. É claro q nao foi pro ar. Feliz Natal mega atraso. E 2010 q venha com muito mais inspiração, proteção, amor, dinheiro, saúde e Ricardo.

    ResponderExcluir