Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

15 de nov de 2009

Mais uma do Herbert.

Fico tão feliz quando escrevo aqui e alguém me diz que valeu a pena a indicação, por isso que continuo indicando. Para essas pessoas.

Mais Herbert:

"Pra se mandar, o pé na estrada
Tantas mentiras e no fim
Faltava só uma palavra
Faltava quase sempre um sim
Agora já não falta nada
Eu não quis
Te fazer infeliz
Não quis
Por tanto não querer
Talvez fiz."

Mais recomendações.

Apesar de um fim de semana "sambístico" (Sabadão mega calor, lá estava eu no Vila Duca assistindo o Grupo Façanha) e de lá fomos para Vila do Samba (meu lugar) ver Amigos do João (dá-lhe Serginho Madureira)...e no domingo lá no Projeto Cultural "Samba que a gente faz"...encerrei o domingo ouvindo uma linda canção do Herbet Vianna, o cara do pop rock nacional lindíssima...

Eu não sou fã dele como intérprete mas como compositor admiro mesmo.

E uma das frases dessa canção é digna em estar no meu convite de casamento:

"Não quero nada que não venha de nós dois"

E o povo ainda consegue escolher músicas pro repertório algo tão cafona, como se não houvessem grandes escolhas. Pieguice é um marasmo mesmo.


Só Pra te Mostrar
Composição: Herbert Vianna

"Não quero nada
Que não venha de nós dois
Não creio em nada
Do que eu conheci
Antes de conhecer
Queria tanto te trazer aqui
Pra te mostrar
Pra te mostrar por quê
Não há nada que
Ponha tudo em seu lugar
Eu sei
O meu lugar está aí
Não vejo nada,
Mesmo quando acendo a luz
Não creio em nada
Mesmo que me provem certo como dois e dois
As plantas crescem em nosso jardim
Pra te mostrar, pra te mostrar por que
Não há nada quer ponha tudo eu seu lugar
Eu sei
O meu lugar está aí"

Repertório é algo que engrandece. E como é bom ter escolhas e poder acertar.