Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

22 de mar de 2010

OI

Mais um post da minissérie:

"De repente o ângulo mudou. Aquele sorriso não tenha mais o mesmo sentido de antes, mesmo que a situação seja bem parecida. A espera nunca foi tão longa, mesmo que eu tenha olhado para o relógio 5 minutos atrás e ver o quanto cabe de pensamento nesse tempo. Pensar, talvez seja o que mais tenha feito nos últimos dias. Ainda bem que não cobram impostos sobre isso. Melhor ainda saber que tais pensamentos só serão descobertos se assim quiser que seja. Ainda tenho controle sobre mim. Achei que tinha sobre você. Ledo engano.

Fiz promessas que sabe lá Deus seria capaz de cumprir. Menino! Não é que estou conseguindo sem esforço algum! Bom para mim, bom para nós. Mas se você já reparou esse avanço (sim, para você que lê talvez não veja graça em eu dizer que não te peço mais carona, mas para mim...que passo longo não depender tão mais assim...)porque não muda também?

O amor transforma. Dê uma chance pra que eu veja tudo isso mais de perto. Que meu ângulo agora SEJA melhor. Tanta lágrima bateu na porta do olho sem pedir licença pra sair...

Só encerro assim:

Se eu te faço bem...ou o contrário disso...no meio de tudo...ainda existe alguém que te quer tão bem. Seja aqui, ali."

Dedicado para uma menina que sonha grande e tem a sorte de tê-lo tão perto de nós!

2 comentários: