Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

3 de mar de 2010

Saber agradecer!

Algum tempo aquele vazio que um dia incomodava tenha virado algo cheio.
Um pouco de alegria misturada com satisfação, admiração, vontade, prazer e uma dose cavalar de humor foi a cura de uma doença cujos sintomas não passavam.

Quisera eu ter a receita devidamente prescrita e correta para passar para um amigo em fase de chororô ou meio jururu.

Permito explorar atitudes que até então achava medonhas, pequenas, indiferentes e até bregas demais. Na verdade, são peças que em momento certo e local exato, encaixam e transformam o simples em algo belo.

A festa começou. Os convidados estão chegando...

Enquanto isso, os tambores batem dentro de mim, anunciando um tempo que faz tempo que não vinha.

Obrigada amigos.
Obrigada Salzinho
.

5 comentários:

  1. Que linda...
    Adoro te ver assim...FELIZ!
    Vc merece tudo de melhor, AMIGA!
    Te amo!

    ResponderExcluir
  2. nem precisa agradecer
    o bem que vc me faz é gigante em relação as pequenas coisas que eu tenho feito pra te agradar.

    ESTOU VICIADO EM VOCÊ.

    SAULO

    ResponderExcluir
  3. Vocês...meus diamantes mais preciosos. Vontade de morder viu....rs

    ResponderExcluir
  4. Carolaaaaaa...como tu escreve bem meninaaaa...amo suas cores.
    Faz tempo que não vemos.

    E agora namorando...será ainda possível? rs

    Beijos.
    Aline "Rosa"

    ResponderExcluir
  5. O amor é lindo e o melhor é poder vivê-lo plenamente. Aproveite amiga!

    ResponderExcluir