Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

19 de mai de 2010

Não gosto de expectativa mas...

Hoje percebi através de algumas mensagens onlines que algumas pessoas (ao meu redor, a maioria) gostam dos meus textos mais melancólicos. Mas que falam sobre o amor. Confesso que hoje em dia (graças a Deus e tudo que preenche a minha fé)é mais difícil escrever dessa forma pois a vida deu uma puta e incrível guinada.

Adoraria não frustar você caro leitor. Peço desculpas a quem deixei frustado. Não era a intenção e continua não sendo.

Para encerrar essa conversa, coloco a mais nova canção favorita que ouço todos os dias:


Título:
"Sobre o Amor e seu Trabalho Silencioso"

"Vai pegar feito bocejo
Ou que só o sentido vê
Instigado num lampejo
Despertado pelo beijo
Que o baile parou pra ver

Da marchinha fez silêncio
Num silêncio escutei
Uma disritmia em meu coração
Que se instalou de vez"

Da cantora CÉU.

(Para Salzi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário