Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

11 de jan de 2010

Lições.

O caminho de volta pra casa, eu só pensava em ir direto pra cama e dormir.
Uma cólica absurda jamais sentida ao longo dos anos.
E uma cena me comoveu:
Eu deitada, eis que surge meu gato Amandí e encosta a cabeça na minha barriga e dorme.

Por mais incrível que pareça, a dor passou.
Filhos...um passaporte pra alegria.


A vida tem uma simplicidade sem tamanho.
A vida ri das tolices e abraça a felicidade.
A vida ameniza estragos e enaltece preciosidades.

Amandí sabe que a mãe não quer muito papo com ele. E por isso, fica pertinho, quietinho. Ele também é o meu "Redondinho".