Sinta-se em casa!

Entre e deixe a porta aberta.
Aguenta firme que vou ali pegar uma breja.

7 de jun de 2011

"UMA ESPERANÇA VAGA EU JÁ ENCONTREI"

Cartola já proclamava na linda canção ALEGRIA:

"Uma esperança vaga,
Eu já encontrei..."

Pois é. Eu também caro Cartola. Dentre todas as indecisões uma luz surgiu através de uma pessoa que pouco contato tive mas um respeito admirável aconteceu.

Às vezes nos apegamos as mesmas pessoas até porque é comum confiar seus segredos aos poucos amigos. Mas não podemos colocar um muro e não enxergar nada além deles. É aí que acontece a surpresa em redescobrir pessoas do seu dia a dia e encontrar tesouros mágicos. E como qualquer reles mortal aconteceu comigo. Andressa é o nome dela.

Nesse belo achado veio de brinde uma vontade danada em acordar cedo, pegar metrô lotado na linha vermelha e ouvir desaforo. E isso para mim é mais que positivo.

E nesse clima de alegria e esperança por dias melhores eu iniciei o post com Cartola. Continuo com ele em MOTIVAÇÃO:

"Quem? Esperar por quem?
Se tão só e sei
Sem motivação
E prossegue esse imenso conflito
Me rodeia esse grande infinito
Não tem eco esse teu sofrimento
Oh meu coração, coração
Quem? Quem será que vem?
Sinto que ninguém
Vai me dar perdão
Eis a prova, dos meu grandes erros
Erros estes que eu soube julgar
Não importa, mas .......
desabrochar
Bate outra vez, com esperanças o meu coração
Emfim"

E indico para quem gosta de arte, cores e coisas diferentes...pesquisar a Exposição belíssima de Rivane Neuenschwander. O nome? "Eu desejo o seu desejo". Recheada de fitinhas do Senhor do Bonfim customizadas (quem me conhece sabe que sou viciada nessas fitinhas).

Link para ler e ver: http://www.fortesvilaca.com.br/exposicoes/2003/29-rivane-neuenschwander/

Pois a vontade que tenho é decorar toda a cidade de São Paulo com essas fitas e nelas os dizeres: "EU DESEJO O MEU DESEJO"

Nenhum comentário:

Postar um comentário